derramepleural.com

patologia respiratória do tipo restritivo.

Quer receber mais informações sobre o derrame pleural? Subscreva a nossa newsletter.

Pneumonia com derrame pleural

A existência de um derrame pleural durante um caso de pneumonia é muito comum, uma vez que a inflamação pulmonar fará com que haja uma maior produção de líquido pleural. Em primeiro lugar é necessário entender o que é a pneumonia e o que é o derrame pleural, em separado, para que depois se entenda melhor o que acontece quando estes ocorrem em simultâneo.

O que é a pneumonia?

A pneumonia consiste numa infeção nos pulmões, concretamente nos tecidos pulmonares e nos alvéolos, podendo ser causada por um agente infecioso, como um vírus ou uma bactéria. E possível verificar a existência de vários tipos de pneumonias, sendo que para cada uma existem medicamento uma delas, o género de pneumonia irá depender do seu agente infecioso. Ao contrário, de por exemplo, uma gripe, esta doença é pouco transmissível, contudo existem casos em que tal acontece. Sendo uma doença do sistema respiratório é necessário tomar alguma atenção, tentando sempre que o diagnóstico da doença seja efetuado mais rápido possível.

O que é o derrame pleural?

De uma forma muito simplificada, o derrame pleural consiste em uma acumulação anormal de líquido na cavidade pleural. Esta acumulação poderá ter as mais diversas causas, sendo as mais comuns a pneumonia, insuficiência cardíaca, pus e cirrose hepática. É importante que esta doença seja detetada o mais rapidamente possível, evitando assim que os pulmões sofram algum dano secundário causado por ela.

Pneumonia com derrame pleural

Ao contrário do que se possa pensar, existir um derrame pleural enquanto se está perante um quadro de pneumonia não é de todo algo improvável, muito pelo contrário, é frequente tal acontecer. A ocorrência de uma pneumonia no sistema respiratório pode causar muitos efeitos secundários para o organismo, sendo um deles o derrame pleural.

Quando um derrame pleural ocorre na pneumonia dá-se-lhe o nome de Derrame Pleural Parapneumónico, podendo este ser um caso simples ou mais complicado. Quando o quadro deste tipo de derrame é simples, este é tratado apenas com a medicação normal utilizada para o tratamento de uma pneumonia, contudo quando se está presente de um quadro clinico mais complicado, o líquido pleural poderá ter de ser drenado por vários drenos torácicos.

Os derrames pleurais parapneumónicos são mais frequentes durante a infância e a adolescência, podendo existir alguns casos em adultos mas muito menos frequentes do que em crianças. Havendo assim, uma preocupação redobrada durante a infância evitando este tipo de complicações.

Sintomas

Os sintomas serão muitíssimo parecidos com os sintomas da pneumonia, existindo assim uma tosse forte, dor na zona torácica, podendo existir falta de ar, sensação de cansaço, febres altas.

Diagnóstico e tratamento

O diagnóstico deverá ser realizado através de alguns exames, que se complementarão entre si dando assim mais certezas do quadro clínico. Assim sendo os exames que se deverão efetuar são:

Após a confirmação do quadro clínico e do seu estado, segue-se para o tratamento onde deverão ser aplicados os que melhor se adequarem ao estado da doença. Em alguns casos apenas se necessita de antibióticos para tratar este tipo de derrame, contudo em casos mais complicado terá que se recorrer à drenagem pleural para a remoção do liquido em excesso e em ultimo recurso à cirurgia, sendo que este método é utilizado apenas em ultima hipótese.